topo

NOSSO BLOG

Acesse nossos conteúdos e acompanhe nossas novidades.

Postado em 04 de Outubro de 2019 às 16h01

Toda empresa precisa estar online?

Redação Previu Inteligência (8)Artigos (17)

A resposta imediata é: Sim! Considerando que a lista telefônica se tornou tão ultrapassada quanto a Barsa, a primeira opção das pessoas hoje na hora de buscar o contato de uma empresa é a pesquisa na internet.
Mas estar online também não significa estar em todas as plataformas. Ter uma página no Facebook ou Instagram apenas para ter, sem que haja uma entrega de conteúdo relevante para o público que pode se interessar por seu produto/serviço, é desnecessário. Além disso, deve-se avaliar se o seu potencial cliente está presente nas redes. Pensando nisso, elencamos alguns pontos que precisam ser analisados na hora de decidir quais mídias você vai explorar online. Confira:

Onde seu cliente está?
Criar um Instagram esperando atingir um público com mais de 50 anos, é perda de tempo. A maior presença nesta rede é de pessoas entre 18-24 anos e a segunda maior é de 25-34. Investir em LinkedIn para divulgar um serviço que não é útil ao público geralmente presente nesta rede que é mais profissional, é desperdício de energia. Portanto, o primeiro passo é pesquisar, ou investir em uma consultoria que o faça, quais são as redes adequadas para apostar.
O site continua sendo uma plataforma na qual as pessoas confiam mais do que as mídias sociais. Ele confere ar de profissionalismo e segurança quando encontram um site com boa usabilidade, layout e informações. E aí vem a dúvida: como saber quem visita meu site e fazer contato com essa pessoa? As landing pages são uma boa opção, mas vamos falar disso daqui a pouco.

Qual vai ser o conteúdo publicado?
Conforme já dissemos, ter páginas apenas por estar presente nas mídias, não é uma boa estratégia. Nesse caso, é melhor ter um site que contenha todas as suas informações de contato e quais são os produtos e serviços oferecidos pela sua empresa.
Se você quiser investir tempo e energia nas mídias sociais, é necessário apostar em conteúdo relevante, você precisa oferecer algo além do seu produto/serviço para que as pessoas acompanhem a página e se tornem fãs da sua marca.

O que você vai fazer com os leads captados?
Você cria um site, cria uma landing page para captar os e-mails de contato dos seus potenciais clientes e deixa essa lista guardada em uma planilha qualquer. De novo, desperdício de energia. Se você pretende fazer contato com seu cliente, precisa ter algo a oferecer para ele em troca da informação de contato que ele vai te dar. O endereço de e-mail vai ser trocado por um e-book; um curso ou uma assinatura de conteúdo que você vai enviar com determinada periodicidade?

Ainda tem dúvidas sobre a melhor forma de estar presente nas plataformas online? Vamos conversar e entender quais são as melhores opções para sua empresa! 

  • Previu Inteligência | Comunicação Estratégica e Imagem Pública -

Veja também

A reputação como ativo de profissionais e organizações 02/09/18A reputação como ativo de profissionais e organizações "À mulher de César não basta ser honesta, deve parecer honesta”. O provérbio milenar tem origem no ano 60 a.C., após uma suspeita de infidelidade envolvendo a então esposa do imperador romano Júlio César. Mesmo sem ter sido comprovada, a suspeita levou ao divórcio do casal, já que a própria repercussão pública do......
Inteligência a serviço da comunicação05/09/18Inteligência a serviço da comunicação Fazer comunicação no escuro é para amadores e, ao mesmo tempo, inadmissível no atual contexto mercadológico. Sabe-se muito bem que a efetividade do processo comunicativo não depende exclusivamente do emissor e da......

Voltar para Blog

Vagner Dalbosco

Por Vagner Dalbosco
Head da Previu Inteligência | Mestre em Gestão da Informação 
vagner@previuinteligencia.com.br

Liziane Vicenzi

Por Liziane Vicenzi
Colaboradora Previu Inteligência | Mestre em Jornalismo | Doutoranda em Educação 
lizivicenzi@gmail.com

Redação Previu Inteligência